Como vestir tantos?

Quando você escolhe ter mais filhos perguntas sempre vem,algumas bem normal que eu também perguntaria e na realidade ainda me pergunto, mas outras nem tão normais. Nas mais chatinhas eu aprendi ou a ficar quieta e fingir que não escutei ou responder de uma forma que não de chance pra pessoa continuar a conversa.

Vou tentar aqui responder algumas das perguntas mais frequentes, hoje quando estava organizando as roupas das crianças, projeto que ainda não terminei, eu fiquei meio que abismada no tanto de roupa que eu acumulo e ali mesmo pensei em uma pergunta que muita gente faz: Como você faz pra comprar roupa pra todos? ou mesmo como você da conta de ter roupa limpa pra 6 crianças todos os dias?

Vocês já devem saber que aqui na Irlanda o valor de roupa em geral eh bem mais barato que no Brasil. Eu ainda não tive nenhum filho no Brasil, mas tenho amigas que vão a Miami pra comprar o enxoval de bebe pois dizem que fica mais barato. Eu não sei se isso eh verdade, mas eu sei que roupa de bebe no Brasil eh caro! Então eu entendo alguém me perguntar,como eu consigo bancar tanta roupa?

Aqui vem a resposta eu vou te contar como Deus tem me abençoado nesta área desde que tive minha primeira filha. Na Irlanda(desde que eu cheguei aqui, essa eh a minha impressão)parece que todas as mulheres estão gravidas ou tem bebes.. eu sei que quando a gente esta gravida a impressão eh essa, nos percebemos mais.E foi quando eu engravidei da Amy que percebi como eh o negocio por aqui, eu não estava nem com 3 meses de gravidez, muita gente já tinha começado a me dar roupinhas que já era pequena pro bebes delas, e vocês sabem bebes crescem tão rápido que na segunda lavada já ta na hora de guardar pois o bebe já cresceu, eu não tenho fotos pra mostrar, mas no final da gravidez eu tinha tanta roupinha e com o chá de bebe também, eu não tinha mais onde colocar roupa de bebe, e isso acontece ate hoje!!!

Tem certos itens que compramos, como meia- calcas, pijamas, calcinhas e sapatos pois são itens intimo. Mas do resto raramente temos que nos preocupar.

O Dave tem uma tia que não tem filhos, mas ela ama os nossos filhos. Toda vez que marcamos de ir pra Dublin visita-la ou ela vem nos visitar, ela como eh sempre organizada, liga pra todas as pessoas que ela conhece que tem bebe ou crianças e arrecada tudo, dai ela faz uma seleção de coisas que ela sabe que eu gostaria pro nossos filhos ou não. Geralmente ela me pede uma lista de coisas que estou precisando no momento, toda vez que vamos pra la voltamos com a nossa Van cheia de roupa, brinquedos e livros pra crianças. Aqui na Irlanda o povo não guarda muita coisa, sempre passa pra frente quando já não esta usando mais, eh uma forma de reciclar e acabar com a bagunça em casa.

Pelo fato de eu sempre ter ganhado tanta coisa, nova e usada, nunca achei certo guardar, mesmo sabendo que talvez eu teria outro filho, assim que sei de alguém que esta gravida já passo também, e nunca me faltou, quando não ganho as roupas Deus nos abençoa de outras maneiras e sem roupa meus filhos nunca estiveram.

Uma outra forma também, são os “charity Shops” (brechoh), hoje em dia esta bem popular aqui na Irlanda comprar nessas lojas de caridade. Roupa de bebe e de criança sempre são ótimas, muitas vezes encontramos roupas de marcas ótimas de lojas que eu nem passo por perto por causa do preço 🙂

Uma vez um amigo meu me disse que só teria filhos se um dia ele pudesse dar tudo do bom e do melhor pro filhos,hoje ele casado a anos ainda não tem filhos,não sei se essa eh a razão , mas quando penso nisso acredito que aos olhos da sociedade de hoje, “DO BOM E DO MELHOR” eh tão diferente do que essa mesma frase era considerada anos atrás,por causa disso, crianças estão crescendo com uma mentalidade consumista, egoístas sempre querendo aquilo que o dinheiro pode comprar, e os pais acabam achando que isso eh o que vai fazer os filhos felizes. Ai o povo olha pra uma família como a nossa, e olha pra baixo e diz: Lojas de caridade? roupas dadas por outros? por que ter tanto filho se não pode vesti-los? Sim,amigas!!! já ouvi isso sim!!! eh triste né.

Eu amo os meus filhos e Amor eh o melhor que eu posso lhes dar. Roupa, comida, e outros nunca nos faltou, na realidade temos em abundância mais do que precisamos. Me considero abençoada, não só no numero de filhos que tenho, mas também na forma como Deus supre todas as nossas necessidades.

Minhas vizinhas sempre falam tão bem das roupas das minhas filhas, as pessoas ate nos param na rua pra perguntar onde compramos os vestidos delas, sempre ficam abismados quando dizemos : loja de caridade ou Alguém nos deu!!

Outro dia meu marido estava em uma dessas lojas e encontrou um vestido e na hora que ele viu já sabia que a Amy (nossa filha mais velha) amaria. Ela gosta de vestido longo e “mais antigo” ele não notou que era de uma marca que eu amo pra roupas de crianças e adultos se chama “Laura Ashley” eu tirei fotos, o vestido veio ainda com a etiqueta de preço, ninguém nunca tinha usado, e o preço? 2 euros!!!! acredita? Aqui esta:

A Amy amou este detalhe atras do vestido , eh logico que esse tipo de vestido eh só pra ocasiões especiais, mas 2 Euros neh?!!

A Amy amou este detalhe atras do vestido , eh logico que esse tipo de vestido eh só pra ocasiões especiais, mas 2 Euros neh?!!

DSCF0443

Anúncios

11 pensamentos sobre “Como vestir tantos?

  1. O custo de vida infantil na Irlanda é bem barato mesmo Daniela(exceto creches). Quanto roupas usadas ou ganhadas é tão comum por aqui. Sem contar que as roupas de lojas populares como o tesco, dunnes e penneys têm qualidade ótima. Infelizmente muita gente no Brasil ainda associa reciclagem com pobreza. Eu amo os brechós e sou como você-nada de apegos. As roupas que não servem mais para o Marcus, vai para outra criança ou lojas de caridade, nada de ir para o sótão.Se eu tiver outro bebê, adquiro outras roupas.

  2. Você está certa Daniela. A roupagem necessária para os filhos são espirituais, os valores, o amor, a educação, o respeito, as demais são secundárias aos olhos de Deus. Meus filhos tiveram o melhor de mim e do emu marido, por isso são bênçãos hoje, e você comprovar pelo meu filho. Ele está motivados a ter muitos filhos e agora com essa mentalidade: oferecer o que ele tem de melhor na essência do seu interior. Abraço e continue vestindo seus filhos com sabedoria e eles serão felizes por terem vocês como pais.

    • Eh mesmo Vanda, o mais fácil eh vestir a roupa, amor, educação e respeito são valores mais difíceis. Mas Deus nos ensina todos os dias. Você com certeza fez um ótimo trabalho com seus filhos,o Tasso eh um amigo muito especial pra nossa família. Parabens! e que Deus continue abençoando a sua família.

  3. Oie Dani, primeiro de tudo quero parabenizar vc e seu marido por estarem criando tão bem seus filhos, ensinando a eles os caminhos do Senhor…Tenho 14 anos e moro em paulinia (cidade vizinha a campinas) e quer saber de uma coisa vc esta certissima! Meus pais me mimaram muito durante a minha infancia,deram oq eu queria mais falharam no amor e atençao,me sentia vazia e sozinha porem o Sr.Jesus teve piedade de mim e hj vivo para Ele! Deus os abençoe grandemente, Elisa.

    • Obrigada pelo comentário Elisa, fico contente que alguém tao jovem esteja lendo o nosso blog, isso me encoraja.
      Confesso que não eh fácil fazer aquilo que eh o melhor sempre, pois exige bastante da gente. Mas eu peco a Deus sempre pra me ajudar a morrer pra mim mesma e dar aos meus filhos o melhor que eu posso, carinho, amor e atenção. Eu nao gosto de julgar nenhuma mãe, pois eh só quando a gente se torna mãe que entendemos a nossa, mas sei também que Deus eh o único que nunca ira nos decepcionar, eu tento ensinar meus filhos isso pois eu sou falha e muitas vezes piso na bola com eles também. Afinal ninguém eh perfeito.
      Fico Feliz em saber que voce encontrou o que precisava na pessoa maravilhosa que eh Jesus!! Ele vale a pena neh?!!! Abracos!!

  4. Bom dia, Dani!
    Tive só o Cláudio e sempre o vesti assim. Costurei muito para ele, reformei as roupas (calça curta virava bermuda).
    Minha mãe ajuda no brechó da igreja e encontro muita coisa para mim. É só saber escolher e saber costurar (para reformar).
    Sou professora e vejo a diferença entre crianças criadas dentro da realidade e aquelas consumistas.

    beijos.

    • Sabe que eu tenho muita vontade de começar a reformar roupas também, Cristina, mas a meninas passam uma pra outra, na hora que chega na mais nova, nem reformando fica bom 🙂 O Judah, gracas a Deus tem ganhado bastante roupa ainda nao precisei reformar. Mas queria mesmo eh aprender a fazer os vestidos das meninas, esta cada vez mais difícil encontrar roupas que sejam discretas e bonitas ao mesmo tempo.

  5. Eu amei o post e adoraria ter mais brechós legais por aqui… como não tem compro com bastante moderação e como são dois meninos, o mais novo tá sempre ganhando as roupas do mais velho. Pra eles é normal, como foi pra mim na minha infância. Mas olha, juro que eu pensava que era um post sobre como as crianças faziam pra se vestir sozinhas ahahah Beijo!!

  6. Oi Dani,
    Não tenho filhos, mas sempre leio seus posts e fico encantada com a sua sabedoria em criar, educar e cuidar de 6 pequenos e ainda na espera do 7º, nossa peço a Deus que me dê pelo menos metade de toda essa sabedoria que ele proporciona a você quando eu tiver os meus pequenos! Parabéns! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s